quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Querido John [...]




E há quem diga que a distância atrapalha, e que por causa dela o amor não existe, mais é por causa da distância que os beijos começam a ser sonhados e os abraços tão desejados. Os encontros tornam-se desejos. O coração passa a ser um só. a solidão pode até bater em sua porta, uma ou duas vezes. Mais a certeza de ter um ao outro, acaba com qualquer solidão.

0 Comentários:

Postar um comentário

Liberte-se deixando fluir da mente e do coração...
Palavras que me acalmam.