quarta-feira, 23 de novembro de 2011

As frustrações que hoje nos fazem chorar um dia passarão. Ficarão arquivadas apenas as boas lembrancas, num canto qualquer.




Já me disseram que o tempo resolve todos os problemas, e que tudo é uma questão de esperar. Mas quer saber? O tempo não resolve nada. É, eu sei que é meio duro dizer isso, mas é a verdade. Acreditar que o tempo resolve alguma coisa é tão inocente quanto esperar o Papai Noel descer pela lareira no dia 25 de dezembro. O problema é que nós nos enganamos o tempo todo. Nossa mente é condicionada a imaginar soluções para todos os conflitos, e criar soluções que não existem. Quando uma de nossas feridas no coração finalmente cicatriza, tendemos a dizer que o tempo fora o grande responsável. E pasme, não foi. O tempo é apenas um meio, e a decepção é como uma gripe, daquelas que contraímos no comecinho do inverno. Chega de repente, nos derruba por três ou quatro dias e insiste em não ir embora. Mas quando nosso organismo percebe que ela não irá sair tão cedo, cria seu próprio antídoto para expulsá-la. O mesmo ocorre quando nos decepcionamos. Quando nosso coração se cansa de sofrer, cria forças internas que nos colocam pra cima, e nos ajudam a voltar a viver. É claro que isso pode demorar várias semanas, ou meses. Mas sempre conseguimos sair do fundo do poço. E no final, não foi o tempo que colocou a sua vida de volta aos trilhos. Foi você mesmo.



Retirado do Blog: Textos na Web

0 Comentários:

Postar um comentário

Liberte-se deixando fluir da mente e do coração...
Palavras que me acalmam.