sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Eu sou assim, mas não achei uma explicação para isso.

0 Comentários
Hoje eu sou assim, estranha e engraçada. Falo besteira o dia todo, faço todo mundo rir, imito os outros, uso roupas estranhas, tenho estranhas constatações a respeito da vida. Faço caretas ridículas, posso deixar de ser fina num segundo se falar escatologias ou falar putarias for divertir uma mesa qualquer de amigos. Mas de verdade eu só queria que alguém falasse para mim: ei, você é bonita, para de se expor tanto, pode ficar quietinha, pode fechar o decote, pode parar com esse riso nervoso, tô reparando em você, você é bonita.


Retirado do Blog da minha amiga Dayanne *-* Vale a Pena entrar e conferir !
dayannediary.blogspot.com s2

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Ninguém tem medo de dizer "eu te amo", as pessoas tem medo da resposta. Assim como ninguém tem medo de altura, tem medo de cair.

0 Comentários
0 Comentários
Purifica o teu coração antes de permitires que o amor entre nele, pois até o mel mais doce azeda num recipiente sujo.

Sua fé e teu sorriso, são capazes de vencer todas as barreiras. Força, você consegue !

0 Comentários
0 Comentários

Não espere ganhar flores. Plante-as dentro de você todos os dias.

0 Comentários



Eu sei, você esqueceu de lembrar. De tentar. De lutar. De ficar. De sonhar. Eu sei, você esqueceu como amar.

0 Comentários

Calada em um canto qualquer, só para esconder o turbilhão de sentimentos.

0 Comentários
Ela sentia algum ódio, mas não dizia nada, toda madura repetindo:Isso-passa-questão-de-tempo-tudo-bem.

E então você percebe que já é hora de deixar certas coisas para tras… Mas não consegue.

0 Comentários

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Não carregue incertezas, mágoas, insatisfações. Pois são cargas pesadas.

0 Comentários

     Um professor pediu para que os alunos levassem batatas e uma bolsa de plástico para a aula. Ele pediu para que separassem uma batata para cada pessoa de quem sentiam mágoas, escrevessem os seus nomes nas batatas e as colocassem dentro da bolsa.

    Quase todas as bolsas ficaram muito pesadas. A tarefa era a seguinte: Durante uma semana os alunos tinham que levar a bolsa com as batatas para todos os lados.

     As batatas foram apodrecendo naturalmente com o tempo. O fato de ficar atento à bolsa, para não esquecê-la em nenhum lugar, fazia com que os alunos deixassem de prestar atenção a outras coisas que eram importantes para eles. O incômodo de carregar a bolsa, o tempo todo, acabou mostrando o tamanho do peso que tem a mágoa.

    Quando damos importância aos problemas não resolvidos ou às promessas não cumpridas, nossos pensamentos enchem-se de mágoa, aumentando o estresse e roubando nossa alegria.
    Perdoar e deixar esses sentimentos irem embora é a única forma de trazer de volta a paz e a calma.
  Para não carregar essa bolsa cheia de mágoas, jogue fora suas "batatas" e deixe o ressentimento de lado.
    Faz bem para você, para a vida e para quem está perto de você.

As frustrações que hoje nos fazem chorar um dia passarão. Ficarão arquivadas apenas as boas lembrancas, num canto qualquer.

0 Comentários


Já me disseram que o tempo resolve todos os problemas, e que tudo é uma questão de esperar. Mas quer saber? O tempo não resolve nada. É, eu sei que é meio duro dizer isso, mas é a verdade. Acreditar que o tempo resolve alguma coisa é tão inocente quanto esperar o Papai Noel descer pela lareira no dia 25 de dezembro. O problema é que nós nos enganamos o tempo todo. Nossa mente é condicionada a imaginar soluções para todos os conflitos, e criar soluções que não existem. Quando uma de nossas feridas no coração finalmente cicatriza, tendemos a dizer que o tempo fora o grande responsável. E pasme, não foi. O tempo é apenas um meio, e a decepção é como uma gripe, daquelas que contraímos no comecinho do inverno. Chega de repente, nos derruba por três ou quatro dias e insiste em não ir embora. Mas quando nosso organismo percebe que ela não irá sair tão cedo, cria seu próprio antídoto para expulsá-la. O mesmo ocorre quando nos decepcionamos. Quando nosso coração se cansa de sofrer, cria forças internas que nos colocam pra cima, e nos ajudam a voltar a viver. É claro que isso pode demorar várias semanas, ou meses. Mas sempre conseguimos sair do fundo do poço. E no final, não foi o tempo que colocou a sua vida de volta aos trilhos. Foi você mesmo.



Retirado do Blog: Textos na Web

Como dizia Rousseau: " O homem nasce puro e a sociedade o corrompe".

0 Comentários
Me lembro bem da primeira aula de filosofia no Ensino Médio. Era uma escola nova, cheia de pessoas novas. Minha timidez falava mais alto.
Quando a professora comentou sobre essa frase e mandou que a avaliasse-mos, eu cheguei a uma pequena conclusão no mesmo instante. E ontem, inesperadamente eu achei a folha que eu ia entregar para a professora, mas não foi possível.
Na folha estava escrito assim.
Com certeza. Nós, seres humanos, nascemos como uma "casca vazia". Tudo o que aprendemos, de bom e ruim, vem dos pais, da família e da sociedade em geral. Dessa forma, se vivermos em uma sociedade com bons constumes e bons exemplos seremos essencialmente bons. O contrário também é verdadeiro.

Como tudo neste mundo, existem as excessões, e são elas que chamam mais atenção do que o que é comum, certo? Sempre vai ter alguém que nasceu em uma boa família, com bons pais, com boa educação e cercado por pessoas "boas" que se desvirtuará. Mas como disse, essa é uma excessão à regra. No final das contas, pessoas assim que chamam mais atenção.

Para mim, esta é uma boa frase para se estudar e mentalizar. Sempre chegaremos a várias conclusões. Só depende do seu, do meu, do nosso ponto de vista !



sábado, 19 de novembro de 2011

Depois que cansei de procurar aprendi a encontrar.

0 Comentários

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Como é estranho ver o tempo passando e mudanças acontecendo;

0 Comentários

O fato, é que a gente acaba percebendo, que realmente a vida é feita de momentos e cabe a nós, só a nós,torná-los felizes, tristes ou inesquecíveis; e apesar de tudo, apesar de pessoas e sentimentos, temos que viver cada um desses momentos, e estar dispostos a sofrer cada consequência, mesmo sem saber se ela será trocada por uma lágrima ou por um sorriso; não vejo mistério em ser simples, nem loucura em ser sincera, apenas levo as coisas da maneira como gostaria que elas fossem, apenas vivo o meu destino na esperança de que, seja lá onde este caminho der, o final vai ser sempre o melhor possível, não para mim, mas para a minha história, e iindependente do espetáculo, ou do fracasso, das lágrimas que vão cair, ou das gargalhadas que vão ecoar, no final eu vou estar ali feliz por tudo que fiz; por isso, viva intensamente, sem se preocupar com o que os outros pensam. Ninguém é normal, não se preocupe em ser diferente.

Fingir, fingir & fingir ...

0 Comentários
“Então ela finge. Finge que não vê, finge que não leu, finge que não liga. Finge que está bem, finge que é feliz. Ela finge que não é nada sentimental. Escode suas lágrimas de uma forma de dar dó. Finge que esqueceu, que nada aconteceu. Ela finge que suporta tudo isso de cabeça erguida. Finge que é forte, mesmo sabendo que é fraca o bastante por dentro. Mas ninguém precisa saber, ninguém precisa saber o que passa por aqui, dentro dela. Afinal, ninguém se importa  […] E como todos os dias continua sorrindo, repetindo pra si mesmo ”Tudo vai ficar bem, te acalma. É só um pesadelo.” Mas que pesadelo mais cruel, pequena.

É muito fácil dizer ”seja forte” quando o fraco não é você.

0 Comentários

" Pense nos seus sonhos, mas não se esqueça de viver a sua realidade "

0 Comentários

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

0 Comentários

Pensou que ia dar romance, mas virou filme de terror !

0 Comentários
0 Comentários

Faça o que for necessário para ser feliz. Mas não se esqueça que a felicidade é um sentimento simples, você pode encontrá-la e deixá-la ir embora por não perceber sua simplicidade.




 Mário Quintana

terça-feira, 15 de novembro de 2011

O começo de uma grande história [...]

0 Comentários
Por muitos anos eu reclamei desta rotina desgastante, desse dia-a-dia competitivo, cheio de lições coisa e tal. Hoje paro para pensar nesta etapa que estou vencendo, neste pequeno caminho que atravessei até aqui. As coisas ainda vão mudar, eu sei. Nada é fácil de se conquistar, e por isso vou correr atrás, vou dar o meu melhor, para que no futuro eu possa me orgulhar de todas as atitudes tomadas e colher os bons frutos desta inesquecível batalha. 
Mais uma etapa se foi, e com ela veio a maturidade, o conhecimento, a lição, o amor, a amizade verdadeira e o carinho com os grandes educadores.
Antigamente eu pensava que a escola era algo "fútil", sabe. Mas parando para pensar nesses 14 anos de ensino, de "para casas" que desafiavam o meu potencial, de "provas" que eu julgava impossíveis e trabalhos em grupo que pareciam nunca dar certo, deu tudo certo. Logicamente eu tive algumas desventuras, decepções, quedas de lugares altos. Mas aqui estou eu...
Indo para uma nova estrada...
A faculdade me espera, mas não sei se à espero de corpo e alma neste momento. Sei que estou aqui, de braços abertos, tentando dar o meu melhor.
E sobre os amigos da escola? Nada a declarar.
Afinal, os verdadeiros permanecem, e assim como o amor de materno, eu não preciso dizer o que sinto... Pois eles sabem o que se passa dentro do meu coração, por mais que eu queira esconder.
E agradecer pelo que vivemos nestes 3 anos ou mais ? Não preciso. Pois vamos viver muito mais juntos.
O FINAL  NÃO CHEGOU !

Formandos 2011.





quarta-feira, 9 de novembro de 2011

0 Comentários
Os poetas mentiram pra mim, 

Roberto Carlos mentiu para a gente. 
O amor não é manso assim. 
Ele pega, invade e devora a gente.


Não entendo, apenas sinto.. Tenho medo de um dia entender.. e deixar de sentir...

0 Comentários

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Ontem eu chorei ...

2 Comentários
DEDICO AO MEU CARO AMIGO [...]
Por tudo que fomos. Por tudo o que não conseguimos ser. Por tudo que se perdeu. Por termos nos perdido. Pelo que queríamos que fosse e não foi. Pela renúncia. Por valores não dados. Por erros cometidos. Acertos não comemorados. Palavras dissipadas. Versos brancos. Chorei pela guerra cotidiana. Pelas tentativas de sobrevivência. Pelos apelos de paz não atendidos. Pelo amor derramado. Pelo amor ofendido e aprisionado. Pelo amor perdido. Pelo respeito empoeirado em cima da estante. Pelo carinho esquecido junto das cartas envelhecidas no guarda-roupa. Pelos sonhos desafinados, estremecidos e adiados. Pela culpa. Toda a culpa. Minha. Sua. Nossa culpa. Por tudo que foi e voou. E não volta mais, pois que hoje é já outro dia. Chorei. Apronto agora os meus pés na estrada. Ponho-me a caminhar sob sol e vento.




segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Eu tento! Juro que tento, mas não entendo.

1 Comentários
Quando as coisas começam a se ajeitar, vem aquele balde de água fria e limpa todo o sorriso que demorei para estampar no rosto. Sempre fui uma pessoa muito apegada as coisas, aos amigos principalmente, mas de uns tempos pra cá estou tão confusa, tão triste, sei lá como explicar. Sei que meu modo de ''falar'' nesta postagem, não tem nada haver com o meu cotidiano e muito menos com a real forma que escrevo, mas preciso só desabafar. Então, desculpem-me pelos erros de português, caso haja algum, e pelos erros de concordância. 

Tudo estava tão bem, sabe. Mas nesta ultima semana estou me isolando de tudo, de todos. Não quero saber de escola, não quero saber de doces, shows, festas... não quero saber nem de internet (incrível isso).
Estou gostando, estou curtindo alguém. E a melhor parte é que estou sendo totalmente correspondida. Isso tudo já é motivo suficiente para estampar um belo sorriso né? 
Pois então, ai que surge todo o medo, toda a insegurança. O que uma pessoa tão especial estaria fazendo comigo? Logo EUUUU ! :O
Sempre penso que as coisas vão acabar rápido, entende?!
Minha caminhada está sendo complicada este ano. É pressão demais, são tantas cobranças, decisões que são tão complicadas pra mim. Ando em completo estado de choque. Tudo me faz chorar, ficar com cara fechada, e muito, muito fria.
AAAH, não estou conseguindo nem escrever direito.
Me desculpem táa, mas as coisas não estão legais aqui.
Beijos e ótima semana para todo mundo !