quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Todas as manhãs ela deixa os sonhos na cama, acorda e põe a sua roupa de viver.




Meus pensamentos tocam a leve brisa da manhã. São momentos tão simples, tão suaves e tão inocentes...Mas são momentos que levarei como lição, momentos em que paro para pensar na minha busca pela felicidade. Afinal, não quero ser feliz por agora. Sabe por que? Por que quando  julgamos encontrar a felicidade é por que estamos satisfeitos com tudo o que temos. Mas eu quero sempre mais...quero mudar a cada dia, quero encontrar novas pessoas, quero um novo sorriso, uma nova estrada. Não me contento com pouco, nem com ''metades''. Se algum dia eu resolver ser feliz, eu farei de tudo para ser feliz por completo. 
Adoro a simplicidade, o inesperado, o companheirismo.
Odeio a futilidade, a falsidade, e a mentira.
Mas amo minha vida, mesmo ela se completando com tantos acontecimentos com características que eu odeio. Amanhã será um novo dia, uma nova conquista, ou até mesmo uma nova decepção. E neste novo dia eu continuarei aprendendo... continuarei lutando por tudo aquilo que me faz bem e deixando de lado tudo aquilo de mal que tenta me afetar. Aliás, nada acontece por acaso, e uma hora ou outra, saberemos qual a nossa missão nesta terra de rancores e  amores.

0 Comentários:

Postar um comentário

Liberte-se deixando fluir da mente e do coração...
Palavras que me acalmam.