segunda-feira, 11 de julho de 2011

Talvez eu não seja tão boa quanto você pensa,



Ou talvez eu só seja tudo o que você sonhou. Meus olhos não dizem nada de mim. Sinto pena de quem acredita neles. Posso ser surreal, ou apenas algo que não deveria existir.

Vem. 
Conheça-me.

Proves da minha fétida carniça, enquanto pensas que devoras um delicioso banquete de natal.

0 Comentários:

Postar um comentário

Liberte-se deixando fluir da mente e do coração...
Palavras que me acalmam.