quinta-feira, 16 de junho de 2011

Outra chance para curar a dor [...]



Preciso me recompor. Provavelmente passarei uma tarde olhando o mar tentando buscar boas recordações, um pouco de felicidade e um sorriso inesperado para destruir toda tensão do meu corpo. Vou sair desta zona de conforto que me encontro, esse estado de conformidade. Chega de deixar tudo como está, chega de ser como uma rocha na beira do rio... suportando tudo sem se queixar.
Agora eu preciso sair sozinha, continuar lendo os meu bons e velhos livros ; e não chorando pelo passado, por coisas que talvez não voltarão mais. Vou aprender que as pessoas não permanecem em nossas vidas se elas não foram merecedoras de tais conquistas. Se elas estão indo embora, foi por causa de sua incapacidade de fazer a outra feliz & pela sua ''capacidade'' de magoa-las sem se quer importar.
Darei descanso ao meu coração, talvez umas férias prolongadas...
O talento para escrever está acabando, isso me altera.
Escrever é a única forma de mostrar ao mundo o que eu penso e observo, e se isso tudo acabar... será o meu fim.
Mas hoje não quero pensar nisso, quero apenas encontrar razões suficientes para acordar amanhã, olhar para o céu e encontrar a garotinha que um dia eu fui. Não esta garota que hoje sou, esta garota irônica, seca, rancorosa... esta garota que vários idiotas fizeram sofrer ...
Espero que a antiga garotinha volte para mim... estou à espera dela neste momento.

- Venha garotinha, vamos relembrar os velhos tempos beira mar ?!


2 Comentários:

Brunetty disse...

por que? Por quee se esta tudo certo a gente arruma algo pra estragar .. FATO !
beijos

Thainan F. disse...

Na nossa vida sempre haverá algo para nos afastar da felicidade. Mas fica ao nosso critério analisar ou não as outras possibilidades né Bruna ://

Postar um comentário

Liberte-se deixando fluir da mente e do coração...
Palavras que me acalmam.