domingo, 27 de fevereiro de 2011


                                               Caro amigo,

Mais uma vez estou lhe escrevendo, e novamente as palavras se perdem no vazio.
Hoje é domingo, meu dia está completamente sem graça; sinto sua falta. Gostaria de saber como você está, o que você anda fazendo...
Acordei precisando do teu abraço, será que você poderia me doar algum ?
Ontem o meu dia foi ótimo e na verdade fiquei o tempo todo andando no meu bairro, com você nos meus pensamentos; ou ao meu lado. Como consideras o teu dia ?
Sinto que isso tudo não é platônico...
Você não está tão distante de mim, e espero nunca estar. Mas escrever cartas para você, me faz muito bem.
Essa será a segunda carta de muitas que virão, acostume-se.
Você sabe que sou viciada por musicas...acabei ouvindo uma muito perfeita & que me lembrou as palavras que eu ouvi dos meus pais ontem.


A qualquer momento alguém te puxa para baixo. A qualquer momento alguém diz que você não pode. Basta lembrar que você não está sozinho ♪



Acho que o meu medo só está me dando forças para viver.
E você também me dá forças, afinal, sempre esteve comigo.
Pois então, não tenho muito a dizer hoje; a saudade me sufoca.
Busque sua felicidade...

Atenciosamente,
                      
                                                            





4 Comentários:

André disse...

mas naum e mesmo eunaum sei escrever como vc mas espero te agradar fazer feliz como vc me faz
esper que amanha cheque logo rsrsrs

Thainan F. disse...

Palavras o vento leva, mas as atitudes ficam marcadas na memória da gente.Então nao preocupe-se com isso, faça-me feliz como você me faz *-*
Amanha (yn'

Ananda disse...

tô te seguindo tbm florzinha!

Thainan F. disse...

Obrigada linda *-*

Postar um comentário

Liberte-se deixando fluir da mente e do coração...
Palavras que me acalmam.