quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

' o começo do fim .


     Olhando para os lados, vejo casais, amizades coloridas, e o amor pairando no ar.
      Eu lembro de cada palavra dita, cada olhar expressado por mim. Mas parece que elas estão afundando, estão no meio da areia movediça.
      Na verdade eu queria me apaixonar na ' vida real ' novamente, ou sera que estou apaixonada e não quero admitir para mim mesma ?! Tá, eu sei que gostar é muito fácil , mas ultimamente estou em total desapego, mesmo não desejando isso o meu coração tornou-se uma grande fortaleza.
     Tentei esquecer do passado e me entregar ao amor, mas sinto que esse sentimento está cada vez mais inútil para mim, cada vez mais obscuro. Perdi o controle dos meus sentimentos e me tornei uma garota fria, uma garota em estado vegetativo. Sei que estou viva, mas não sinto a alegria que querem me passar, não sinto o sorriso sincero das pessoas. Apenas sinto que se um dia puxarem os fios que me manteem viva, eu morrerei. Isso e mais nada.
    Não tenho inveja da felicidade alheia, até por que a inveja é algo que me irrita na sociedade. Mas tenho raiva de mim, raiva dessa barreira em meu coração, raiva dessa insegurança, raiva de todos os meus medos, e raiva de tudo o que me fez sofrer, tornando-me uma menina assim.  
    Pensei que 2011 seria um ano de recomeço, mas enganei-me mais uma vez. & este ano é só o meu novo fim.
    Meu ano novo foi maravilhoso, mas a felicidade que eu tenho sempre é momentânea.
    Espero aprender muito esse ano, espero encontrar um terapeuta que não seja o meu Blog, espero me afastar de vidas falsas, espero não encontrar inimigos ou falsos amigos. Aaaaaah, eu espero viver dia após dia, sem ter medo de tudo & de todos . Sei que é complicado, mas tudo que faço é errado .
    


'' eu vou viver, deixar o tempo passar, mas fecho os meus olhos e ainda vejo o teu olhar. Voce se foi e deixou a solidão, o sol se escondeu e levou voce de mim. ''

3 Comentários:

Kétula meninaa' disse...

Thainan Fernanda,eu li esse texto e como sempre,chorei com suas palavras,e como sempre, sinto que temos algo em comum, que apesar de tão distintas passamos pelas mesmas coisas,tão diferentes e tão iguais.É eu fiquei pensando em um monte de coisa que eu poderia te dizer,para reconforta-lá.Mais se eu soubesse a resposta,não passaria pelas mesmas coisas :s
Tõ lendo um livro que se chama"Quando o sofrimento bater à sua porta" é um livro que pelo que me parece é de alto ajuda kkk' e encontrei ele no meio de uns livros velhos. e tem uma parte que me fez pensar:"Deixe-se afetar de um jeito novo por tudo isso que já parece tão velho.Sofrimentos não precisam ser estados definidos.Eles podem ser apenas pontes,locais de travessia.Daqui a pouco você estará do outro lado;modificado,amadurecido" -sei lá me fez repensar,e enxergar nossas dificuldades, não só do lado ruim, mais uma forma de nos fazer crescer. Talvez é o modo mais dificil,que a vida tem para nos ensinar :s

Anônimo disse...

garota, voce disse tudo :O

Thainan Fernanda disse...

me falaram desse livro uma vez kety *-* mas sei lá, vo ver se leio ele .
Nossa, nem me fale em palavras amor, se eu msma ler esse blog aqi eu morro de tanto chorar :S
vou tentar postar algo mais alegrinho aqi tá :/
saudades s2

Postar um comentário

Liberte-se deixando fluir da mente e do coração...
Palavras que me acalmam.