sábado, 25 de dezembro de 2010

' sofferenza


Dizer que esse natal foi ótimo seria a maior mentira já contada na minha vida. Na verdade eu fiz questão de dormir só para não ver aquelas coisas que pra mim são melancólicas, e quando acordei lá estava uma adolescente totalmente deprimida, doida para voltar para a casa. E foi assim o meu lindo natal ¬¬'
Hoje acordei pela manha, fui para a casa da minha tia (a mesma que passei o natal), almoçamos lá e resolvi vim embora. Afs, são exatamente 19:14 e minha mãe não quer deixar eu sai. Passo a semana inteira de casa pro serviço e do serviço pra casa, e isso me cansa, me deixa presa. Hoje eu queria sair com as pessoas que se importam comigo, me fazem feliz pelo menos por um instante.
To chorando desde o momento que botei os pés dentro de casa e as lágrimas nao se importam em machucar o meu peito. Eu queria me esconder do mundo por alguns dias, viver na solidão por algumas horas. Mas a solidão física, pois a espiritual eu já vivo a anos.
Tentar correr dos nossos sentimentos nunca dá certo, mas eu não consigo acreditar nisso totalmente :(
As pessoas me julgam, me acorrentam no mundo de ilusões e no final de tudo o que vai restar ?
Uma garota ridícula que começará a descobrir o mundo tarde demais e as belezas existentes podem nao deixar vestígios algum para a descoberta dela. & essa garota um dia vai ser feliz, um dia ela nao vai quebrar tanto a cara e deixará de correr de si mesma .
Mas por enquanto ela fica com essa mente fraca e com a mesma ideia de sempre : - tomar um remedio que a faça dormir ate o dia em que ela resolver acordar feliz ! :S


 il tempo non è ancora dimostrato che questa vita potreirimpiangere. Ma per ora faccio finta tutto va bene 

2 Comentários:

Brunetty disse...

mta coisa na cabeeça !Eu era assim como vc .. cheiia de medos e perguntas e raivaa do mundo! Mas um dia a gente crescee.. mas ficamm marcaas q jamais cicatrizam

Thainan Fernanda disse...

espero qe eu cresça logo :/
acho qe meu coração tá fragil de mais pra tentar seguir em frente >.<

Postar um comentário

Liberte-se deixando fluir da mente e do coração...
Palavras que me acalmam.