domingo, 21 de novembro de 2010

' um dia eu aprendo e mudo de rumo ♪ '


       Passei um tempo sem postar, mas sei lá, não estava com cabeça para isso.
       Eu estava aqui pensando em sair, dançar, rir & jogar conversa fora. Mas isso é chato de se fazer sozinha. A solidão que eu digo não é a que todos conhecem ( ficar longe de alguem e tal ).
      Solidão pra mim é estar rodeada  de amigos e se sentir sempre sozinha, é sorrir diariamente mesmo com vontade de derramar todas as lágrimas , é guardar todas as magoas para você mesma, por medo de conta-las a alguem. Solidão pra mim é enganar a mim mesma e fingir que está tudo bem, mas nunca está TUDO BEM !  A solidão sou eu mesma !
     Hoje olhei uma comunidade do orkut que dizia assim : ' Por que todas as pessoas legais moram longe ? '.
     E na verdade isso é muito irônico pra mim. Pois as pessoas legais também estão aqui ao nosso lado. Mas como a globalização nos tornou uma ''aldeia global'', nós deixamos de sair com novas pessoas próximas da gente para podermos ficar horas na frente do computador conversando com alguem que nunca vimos mas julgamos ser legais, perfeitos e ''amigos de verdade''. Pensamos até mesmo que conhecemos a vida inteira da pessoa, quando realmente nao sabemos nada, nao sabemos nem mesmo se ela conta a verdade para a gente, se ela usa fotos dela.
    E por que nao conhecer pessoas de carne e osso que estão perto de nós ? Por que nao julgamos essas pessoas como legais ? E por que a sociedade está cada vez mais alienada ?
   Antes eram jovens alienados, mas agora é modinha ser alienado, pois ate mesmo pais estao assim >.<
   Sinceramente, estou morrendo aos poucos, criando expectativas em um mundo que parece muito surreal, e que ilude a todos. Eu não queria deixar de sonhar como agora, mas as vezes precisamos apenas de um ombro amigo, de um abraço apertado e de uma mão segurando a nossa !



obs: a foto foi tirada da internet ¬¬'  (antes que digam que nao sou eu nela . dããã)

0 Comentários:

Postar um comentário

Liberte-se deixando fluir da mente e do coração...
Palavras que me acalmam.