terça-feira, 30 de novembro de 2010

sometimes things don't go as planned (8)


Eu não gostava de ficar sozinha, mas hoje em dia isso se tornou uma necessidade pra mim. O tempo passou e se encarregou da minha alma, hoje tenho medo das pessoas, medo dos sentimentos, medo da noticia na televisão, medo de mim mesma. As vezes as pessoas me enxergam de um jeito e nunca imaginam como sou de verdade. Todos falam : nossa que menina patricinha, aparecida, felizinha ; & na verdade ninguém para pra pensar no conteúdo, no verdadeiro sentido de viver, chorar, sofrer.  Palavras banalizadas, sexo sem amor, namorar só por namorar, sair só pra beijar dez carinhas em uma balada. É isso que eu quero pra mim ? NUNCAAA !
Meu coração não tinha dono, dona ou algo do tipo. Mas parei pra pensar nos meus medos e descobri que meu coração sempre pertenceu a eles. Um dia eu vou roubar a chave dessa caixinha de emoções e entregar a alguém que eu confie, alguém que mereça essa confiança. Espero que demore mais um tempo, pois tenho que amadurecer, tenho que viver , me libertar dessa depressão que corroe meus restos mortais.
Amar é compartilhar, e nunca foi COMPLETAR . Todos nós nascemos completos (de alguma forma) e podemos viver muito bem sem depender do amor de alguém, mas isso na prática é meio obscuro; mas sempre foi real. Em primeiro lugar vem o amor próprio, coisa que nao tenho. Mas um dia eu vo crescer, olhar para o passado e dizer que tudo valeu a pena, que esperar por algo nunca foi tão ruim, e algumas rugas a mais são a prova de um passado, a prova que voce existiu e ainda lembra as emoções vividas.
But if you hold tight, shadows will be lost in the light.(8)

são quase 17 anos vividos ! Pouco para muitos, e o suficiente para mim saber que a vida é a coisa mais valiosa que tenho s2




http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=104186763  :(

2 Comentários:

Brunetty disse...

To seguiindo jaaa!! =DDDD

Thainan Fernanda disse...

aaaah, valeu brunnaa s2s2

Postar um comentário

Liberte-se deixando fluir da mente e do coração...
Palavras que me acalmam.