segunda-feira, 8 de novembro de 2010

recomeço s2


Mais uma vez me pego vidrada nas recordações & me perguntando como uma jovem de apenas 16 anos pode passar horas e horas na frente de uma coisa tão fria como o computador , esperando por uma pessoa ?! Pois é, eu nunca quis experimentar essa doce ilusão que vivo, mas de uma forma ou de outra eu contribui muito para ela acontecer. Por muitas vezes eu tentei evitar, tentei enganar a mim mesma e todas essas vezes eu consegui, pelo menos por dez minutos eu consegui ! Muitas pessoas nem imaginam o que se passa no meu coração, e esse sorriso que sempre esteve estampado em meu rosto, nunca foi digno da minha realidade. Demonstrar sentimentos NUNCA foi fácil pra mim, e dizer para as pessoas o que eu realmente sinto, foi quase impossível. Ultimamente ando com o coração apertado, e a angústia me devorando. Crio expectativas em fatos que podem vim a cair no esquecimento, mas não quero ter medo de arriscar, não quero ter medo de sonhar alto, de buscar minha felicidade. Essa garota reprimida, fútil, pode parecer forte ; mas não é . No meu choro eu busco um consolo, busco o abrigo que sempre quis ter  mas ninguém nunca me concebeu . Sim, estar sozinha é bom. Mas confesso que estar ao lado dele seria muito melhor , eu estaria mais completa. Só de imaginar as mãos dele nas minhas, aquecendo-as em um inverno rigoroso, o abraço dele, o sorriso , aaaaaain *-* . Sei que não podemos depender de ninguém para viver e ser feliz, mas eu queria ser feliz lá , ao lado dele. Infelizmente a distancia nao permite. Tudo conspira contra os meus desejos, minhas vontades. Única coisa que continua igual, e se depender de mim vai continuar, é o meu amor  s2

0 Comentários:

Postar um comentário

Liberte-se deixando fluir da mente e do coração...
Palavras que me acalmam.